The Sims 4

The Sims 4

A melhor série de simulação da vida real voltou

Pela quarta vez, os sims estão de volta, decididos a nos dar a possibilidade de criar a casa dos nossos sonhos e ver como nossos avatares evoluem. Após anos de espera depois do lançamento do The Sims 3, a série continua interessante? Ler descrição completa

PRÓS

  • Sims mais inteligentes
  • Nova interface intuitiva
  • Sistema de compartilhamento

CONTRAS

  • Menos conteúdo que a versão anterior
  • Tempo de carregamento
  • Controle de câmera

Bom
7

Pela quarta vez, os sims estão de volta, decididos a nos dar a possibilidade de criar a casa dos nossos sonhos e ver como nossos avatares evoluem. Após anos de espera depois do lançamento do The Sims 3, a série continua interessante?

Versão que peca pelo conteúdo

Ninguém esperava que o The Sims 4 revolucionasse as premissas básicas da série, mas é verdade que pelo menos algumas novidades eram aguardadas. Agora está claro que a equipe de desenvolvimento do jogo fez justamente o contrário: em vez de acrescentar conteúdo, simplificou o game, tirando muitas de suas funções.

Já não existem piscinas e crianças e não se pode ver os locais de trabalho dos sims… A lista de perdas é enorme e não há dúvidas: a Electronic Arts se acomodou. Para ter acesso a todas as funcionalidades retiradas, é preciso pagar o preço da versão completa do título.

Deixando a crítica de lado, o jogo oferece uma grande quantidade de atividades novas que os sims podem realizar na cidade ou em suas casas. A lista de objetos disponíveis para compra é tão grande quanto original, assim como a quantidade de ações. É uma pena que, cada vez que você sai do jogo, seja preciso esperar que tudo carregue novamente.

E isso fica ainda mais incômodo quando a proposta do The Sims 3 era de um mundo aberto com movimento constante. Por outro lado, a notícia boa é descobrir o novo portal coletivo que permite que se compartilhe o que é criado (personagens e construções) com outros jogadores.

Melhor interface e inteligência artificial

Nota-se um grande esforço com relação às versões anteriores no que se refere ao uso do The Sims 4 e a acessibilidade. Apesar de que o tutorial é um pouco chato para os que já conhecem a série, tudo no jogo está pensado para que se aprenda rápido.

O novo sistema de criação de personagens é excelente: o sims dos seus sonhos pode ser criado por meio de um processo bastante simples, passando o mouse pelas partes do corpo que você deseja modificar. O mesmo acontece quando o que se deseja é construir ou personalizar sua casa: os objetos são organizados de maneira limpa nos diferentes cômodos. Sem dúvida, muito bem elaborado.

Também se nota um cuidado ligado ao comportamento dos sims. O sistema foi redesenhado para tornar os personagens mais inteligentes e autônomos, capazes de realizar tarefas básicas para que o jogador se preocupe com o que realmente importa e desenvolva suas habilidades graças às numerosas atividades do game.

É preciso dizer também que a câmera é tosca e pouco prática. Mover-se em três dimensões é impossível, algo vergonhoso para um título que pôde acumular experiência em três versões anteriores.

Sistema de emoções compensa visual ultrapassado

Anos depois do The Sims 3, esperávamos uma melhora visual. Infelizmente, as diferenças entre as versões 3 e 4 são pequenas. Ainda que tenham sido adicionados efeitos bacanas, a nova edição já nasceu ultrapassada.

É uma grande pena, mesmo que, com todos os seus defeitos, o game seja compatível com computadores sem grande potência. Quanto ao aspecto técnico, nem tudo é negativo na quarta versão.

Os detalhes aumentaram significativamente e as principais melhorias são vistas nas animações: a gama de emoções aumentou muito. Várias situações que dão a sensação de vida real podem ser experimentadas.

Jogo ideal para receber muitas extensões

The Sims 4 é um sucesso relativo. Parece que todos os esforços foram direcionados na usabilidade. A criação dos sims e a maneira de construir são exemplos deste esforço, que dão muitas possibilidades ao jogador. O sistema de necessidades foi alterado e oferece mais autonomia aos sims, deixando o jogador livre para viver uma nova experiência.

Para os fãs da série, há muitos defeitos difíceis de perdoar. Além da clara pobreza técnica, o jogo foi privado de muito conteúdo que já existia na versão anterior, fora a lista enorme de conteúdo que é vendido. Uma manobra lamentável da Electronic Arts, que deveria revisar sua política no futuro caso não queira ser deixada para atrás pelo público.

— Simulação —

The Sims 4

Download

The Sims 4